Entre, participe, colabore.

Este é um espaço aberto e dinâmico para divulgar e compartilhar conhecimentos e práticas para o desenvolvimento sustentável.

PROJETO MACROPEDAGÓGICO 2009

FORMAÇÃO
do indivíduo
TRANSFORMAÇÃO
da sociedade

sábado, 16 de maio de 2009

Água e a sustentabilidade


Consumo Sustentável significa saber utilizar os recursos naturais para satisfazer as nossas necessidades, sem comprometer as necessidades e aspirações das gerações futuras. Para isso precisamos somente dar mais atenção com o que está ao nosso redor, no nosso ambiente.
Noventa e sete por cento da água existente no planeta Terra é salgada (mares e oceanos), dois por cento formam geleiras inacessíveis e, apenas um por cento é água doce, armazenada em lençóis subterrâneos, rios e lagos...
Pois é, temos apenas 1% de água, distribuída desigualmente pela Terra para atender a população mundial! E esse pouco de água que nos resta está ameaçado pois somente agora estamos nos dando conta dos riscos que representam os esgotos, o lixo, os resíduos de agrotóxicos e industriais. Cada um de nós tem uma parcela de responsabilidade nesse conjunto de coisas.
Sabemos que não dá para viver sem água, então, a saída é fazer um uso racional deste precioso recurso natural. A água deve ser usada com muita responsabilidade.



A qualidade das águas dos mananciais e a preservação ambiental são fatores primordiais para garantir o abastecimento público. Todos os mananciais, inclusive os protegidos por lei, estão submetidos aos efeitos da ocupação desordenada e uso inadequado do solo e aos efeitos da poluição ambiental.
As companhias de saneamento básico buscam fontes de água de boa qualidade e utilizam alta tecnologia de tratamento para eliminar todos os poluentes e agentes ameaçadores à saúde. Assim garantem que a água fornecida à população seja potável.
O padrão de potabilidade da água tratada e consumida pela população deve seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) - garantindo a inexistência de bactérias e partículas nocivas à saúde humana. Dessa forma, evita-se o surgimento de epidemias, como por exemplo, a cólera e o tifo.



O sistema de captação, filtragem e armazenamento de água de chuva, é indicado para tanto para utilização residencial, quanto para comercial e industrial.
Esses sistemas utilizam telhados e calhas como captadores da água de chuva, que é dirigida para um filtro autolimpante e levada para uma cisterna ou tanque subterrâneo.Para evitar que a sedimentação do fundo da cisterna se misture com a água, esta é canalizada até o fundo. Estocada ao abrigo da luz e do calor, a água se mantém livre de bactérias e algas. Uma outra parte do sistema cuida de sugar a água armazenada de pontos logo abaixo da superfície, para não movimentar eventuais resíduos.
Ao optar pela reutilização, da água de chuva, lembre-se que esta poderá ser utilizada no abastecimento da piscina, para resfriar equipamentos e máquinas, em serviços de limpeza, para descarga de banheiros, no reservatório contra incêndio e na irrigação de áreas verdes.
E lembre-se: a água da chuva não pode ser utilizada como água potável.



Para começar você pode:
Conhecer e seguir todas as regras de conservação e racionamento de água que possam estar em vigor.
Ajudar a desenvolver a consciência das crianças sobre a necessidade de se conservar água.
Encorajar seus funcionários a promover a conservação de água em seu local de trabalho.
Divulgar negócios que pratiquem e promovam a conservação de água.
Avisar ao proprietários de imóveis, a autoridades locais ou à concessionária de água de sua cidade sobre toda perda de água (encanamentos rompidos, hidrantes abertos, aspersores mal instalados, poços que tenham fluxo constante abandonados etc).
Apoiar projetos de utilização de água reciclada para irrigação e outros usos. Encorajar seus amigos e vizinhos a fazer parte de uma comunidade consciente da importância da água.
Não desperdiçar água porque outra pessoa está pagando a conta.
Resumindo: tente fazer cada dia algo que resultará em mais economia de água. Não se preocupe se as economias são mínimas.
LEMBRE-SE: Cada gota conta. E cada pessoa faz a diferença!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário